“OS SUSPEITOS DO COSTUME”

“Sabia que cerca de sete mil beatas por minuto vão terminar o seu ciclo no fundo dos oceanos, transformando-se em microplásticos contaminados com químicos venenosos e potencialmente letais, e que as palhinhas demoram um minuto a ser produzidas, trinta minutos a ser utilizadas, duzentos anos a decomporem-se na natureza e um segundo apenas para asfixiarem um animal marinho?”
Esta ação de sensibilização ambiental, intitulada Os Suspeitos do Costume, tem como objetivo limpar e monitorizar os detritos existentes na praia, promovendo uma reflexão sobre as suas origens e sobre o impacto que tem no meio ambiente. A iniciativa faz parte do Programa Bandeira Azul da Europa.
No dia 30 de maio, a ação decorreu na Praia da Lagoa de Albufeira Mar (Sesimbra) e contou com a presença de 9 estudantes e uma trabalhadora não docente do IPS, coordenados por uma técnica e dois estagiários do Gabinete de Turismo da Câmara Municipal de Sesimbra.
Foi estabelecido um perímetro de ação, com cerca de 100 metros de comprimento, e que abarcou o areal da praia e também zona de dunas.
A recolha dos resíduos foi feita de acordo com 3 categorias:

  • Beatas de cigarro;
  • Plásticos;
  • Outros materiais

No final da ação, foi feita uma análise global do tipo de resíduos encontrado no perímetro.
A maior parte dos resíduos identificados decorre da prática balnear (palhinhas, pacotes, colheres e paus de gelado). Foram igualmente encontrados outros tipos de resíduos relacionados com a prática da apanha do mexilhão, típica naquela zona (linhas de pesca e esferovite).
Foram ainda encontrados restos de materiais de construção e obras (tijolo, cimento) e ainda pedaços de carvão.
Genericamente, não foi recolhida uma quantidade significativa de resíduos.
Está previsto que a ação volte a realizar-se em setembro/outubro, de modo a fazer nova avaliação de quantidade e tipologia de resíduos encontrados, após a época balnear.

Previous Post Next Post