O IPS recebeu o seminário "A Economia Verde e a Capacitação de Profissionais", uma organização da ADENE - Agência para a Energia, em parceria com o Centro de Investigação em Energia e Ambiente (CINEA) do IPS.
O encontro, com início pelas 09h00 na ESTSetúbal, inscreveu-se no projeto Progreen, cofinanciado pelo programa europeu Erasmus +, que propõe o desenvolvimento de conteúdos formativos em nove áreas dos empregos verdes, com a devida disponibilização numa plataforma de e-learning em quatro línguas distintas (português, italiano, polaco e inglês).
Ao longo da manhã, neste que foi o primeiro seminário de apresentação de resultados do Progreen, projeto com a duração de dois anos e que conta com a participação de parceiros polacos e italianos, estiveram em cima da mesa as competências, conteúdos programáticos e perspetivas para o desenvolvimento das empresas nas áreas dos empregos verdes.
O programa incluiu a apresentação sobre a contribuição do IPS na investigação de soluções sustentáveis em Energia, através nomeadamente dos projetos como o TESSe2b - Thermal Energy Storage Systems for Energy Efficient Buildings, que propõe uma solução integrada para o armazenamento de energia para edifícios residenciais por recursos solares e geotérmicos.
Pelas 11h00, discutiu-se "O papel da economia verde no contexto do Centro Europeu E-training", bem como as tendências no chamado "mercado de trabalho verde".
O projeto Progreen, que tem a ADENE como entidade parceira nacional, assume como meta principal o aumento do acesso a formações e qualificações para todos nos diversos setores da economia verde, particularmente para pessoas em risco de exclusão social.

Previous Post Next Post